Piadas para 3 anos

Dessa forma, piadas curtas e engraçadas são ótimas aliadas a esse sentimento. Portanto, conheça as 20 piadas ruins mais engraçadas de todos os tempos. Além disso, use elas para contar para os seus amigos, familiares e faça todos rirem. Confira algumas piadas ruins, mas que chegam a ser engraçadas e que servem para divertir a roda de amigos nas redes sociais. 1. E o pintinho Piu 'O que o pintinho falou para a sua mãe? — PIU!' 2. Já o que? '— Oi, meu nome é Jaqueline, eu tenho 12 anos e já namoro. — Já o que??? — Queline' 3. Amém! 'O que o pagodeiro foi fazer na ... Aguem toca a capainha o sujeito abre e ver que é a sogra com uma mala na mão e pergunta com uma cara de espantado! - Quanto tempo vai passar aqui? A sogra responde: - Não se preucupe só vim fazer uma vizita de 3 anos! piadas curtas joÃozinho sogras pontinhos bÊbados. visitadas criancas. a advogados adivinhas animais argentinos. b bÊbados bichas. c caipiras carnaval carreira casais celular - sms cientÍficas cornos cretinas crianÇas cubanos cÚmulos curtas. d diversas. e elefantes estagiÁrios. f feministas franceses frases engraÇadas frases para nicks ... As piadas de papagaio são muito engraçadas e divertidas, reunimos uma lista com as melhores piadas de papagaio para se divertir com amigos e familiares.. Um dia, um homem vai a uma loja de animais para comprar um papagaio. O assistente leva o homem à seção de papagaios e pede que ele escolha um. Piadas de Crianças, as melhores piadas, são Piadas de Crianças, ... Uma honesta menina de sete anos admitiu calmamente a seus pais que Luis Miguel havia lhe dado um beijo depois da aula. ... Ocasionalmente passeava pela sala para ver os trabalhos de cada criança.

[Sério] Vizinhos que andam a fazer bully

2020.09.25 00:34 goncalo182 [Sério] Vizinhos que andam a fazer bully

Boa noite a todos,
venho pedir conselhos sobre a maneira mais certe de actuar perante a seguinte situação. Tenho uma casa com terreno à volta, terreno esse que tem um muro que faz costas com casas de vizinhança. Os meus pais decidiram fazer obras, pois a casa tem mais de 100 anos, e aproveitaram para fazer tambem uma pequena zona de churrasco numa parte desse muro. O vizinho não achou muita piada, pois acha que a parede é dele, o que é facilmente demonstrado, pois temos parede unica do nosso lado para todas as casas que fazem costa com o nosso terreno, e junto ao nosso muro, cada vizinho tem o seu muro/parede. Este vizinho achou que a melhor maneira de resolver o problema foi insultar o empreiteiro, ameaçá-lo com uma garrafa de cerveja partida, inclusivamente ameçá-lo de morte. O Empreiteiro não quer nada a ver com isto, até porque já se foi embora, já fez o seu trabalho e a casa não é dele. Sobra agora para os meus pais. Além da constante difamação na vila (meio pequeno), decidiram agora fazer 2 buracos de um lado ao outro da parede conforme podem ver na imagem: https://imgur.com/a/wbmN6uS
Decidiram também marcar uma vistoria com a CM para verem que eles têm razão (obviamente não vão ter), mas obrigam os meus pais a perder um dia de férias para poderem estar no local (não é a casa principal deles, é herdada).
Ora, estes vizinhos são do pior que existem. O homem já bateu na mulher, tanto que ela agora é mansa para ele e bruta para com o resto das pessoas. Ao ponto de viverem 3 naquela casa, mais a mãe dela, e a senhora era muito amiga da minha avó e ia lá chorar as tardes e desejava morrer para não aturar aquilo (acabou por acontecer, a senhora quase nem tinha direito a comer na sua propria casa). O homem é um drogado e bebedo, quando lhe dá, anda de mota na rua e atira os nossos vasos para o chão, partindo-os.
Como imaginam, a primeira coisa que me passa pela cabeça é: "se isto fosse GTA...". Agora com estes buracos, por a mangueira a deitar agua para o lado dele durante a noite... Pensei em fazer bully da mesma maneira que ele nos faz, também. Meter a polícia ao barulho, queixa, mesmo que infundadas (sem provas), do que relatei acima.
Acabando o meu relato, qual acham que é a melhor maneira de resolver esta situação?
Venho pedir opiniões da melhor maneira para
submitted by goncalo182 to portugal [link] [comments]


2020.09.23 04:53 Leonardo-Heckler Minha simples história

Bem faz um tempo que eu fico nesse SubReddit e converso com pessoas interessantes sobre diversas coisas e geralmente vejo que apanas uma boa conversa pode ajudar a pessoa a pelo menos parar um pouco e relaxar, eu fiz um server no Discord com o intuito de não ter simples frases de motivação ou discursos de como a vida vale a pena ser vivida, mas sim algo para tornar a coisa mais orgânica e natural para que todos possam trocar experiências e idéias, mas bem o post não é sobre isso kkk eu me perco as vezes mas vou tentar deixar tudo o mais claro possível.
Vou tentar me "abrir" aqui afinal nunca fiz um desabafo decente então vou tentar só falar o que me aconteceu e como eu lidei e talvez isso ajude alguma pessoa que esteja lendo então é isso.
(1-7 anos) Bem venho de uma família problemática então muitas coisas ruins de personalidade ou costumes que eu venho tentando mudar deis de então vieram dessa época, onde absorvia tudo ao meu redor e replicava da minha forma, então isso já sendo um problema teve grande coisas que me marcaram nessa época, sendo deis de eu ter sido estuprado várias vezes pelo meu pai(que está preso hoje em dia por alguma merda que fez) com a morte da minha irmã mais velha para o câncer, que além dela ser a pessoa que eu me inspirava ela também era meu porto seguro, eu podia contar com ela pra tudo ela era incrível e engraçada, ela que me ensinou que mesmo nos momentos mais ruins é importante rir e brincar, por que não importa como tudo pode estar desabando, no fim ser capaz de rir e o mais importante fazer outra pessoa rir, é o que no fim torna uma pessoa forte, mesmo ela estando morrendo ela brincava e fazia graça, e eu sabia que ela tava morrendo de medo, por que ela sempre fazia piada quando tava nervosa..mas então como eu lidei com isso? Sobre a questão da minha irmã eu sempre tentei me inspirar nela todo aniversário dela eu visito o túmulo dela, e agradeço por que mesmo tento passado apenas oito anos ao lado dela, nesse pouco tempo onde eu não entendia quase nada sobre nada ela conseguiu me ensinar coisas que eu levo e irei levar para o resto da vida, então sou grato por ela ter sido minha irmã, e sobre a questão do meu pai, eu realmente não sei como lidar com isso até hoje, talvez sejam o que chamam de bloqueio mas eu não sei realmente, lembro que isso me doía muito de uma forma que eu acordava com aquele aperto no peito e ia dormir com ele, mas acho que no fim se tornou algo que eu desisti de pensar ou sentir qualquer coisa sobre.
(7-13)
Nessa época eu já fazia muitas coisas que faço hoje em dia, mas eu fazia coisas de formas diferentes eu bebia muito e fumava, coisa que eu parei e não chego nem perto, e nessa época eu adorava ir para a escola simplesmente para ser o bobo da turma, minha alegria não era tirar boas notas nem arrumar namoradinhas ou coisa do tipo, nem ser "popular" me interessava, tudo que me fazia levantar e ir pra escola era fazer a turma toda rir, e quando o professor ria, pra mim era o melhor dia da semana kkkk, eu gostava de provocar a galera que era metida a besta, como valentões ou patricinhas da escola, e eu sempre fazia questão de ser amigo das pessoas "esquisitas" da escola era com quem eu conseguia conversar sem medo, por que eu simplesmente sentia que pertencia a esse "grupo" mesmo a maioria das pessoas desses grupos sendo antisocial e tendo problemas de timidez, coisa que eu nunca tive, eu nunca tive problema de ir na frente da sala ou algo do tipo, pra mim sempre foi algo natural, e eu lembro que depois de um bom tempo eu percebi que sozinho eu era outra pessoa, eu não brincava nem era "feliz" eu só...bem eu era do meu jeito, então depois de muita reflexão e trabalhar em me tornar melhor eu entendi que eu não precisava mudar isso, esse é meu jeito, mas a única coisa que eu precisava mudar era que eu precisava ser capa de ser feliz sozinho e conviver comigo mesmo da mesma forma que os outros, e se você se senti como eu me sentia, bem, então vai ter que concordar que a galera "esquisita" é a mais daora que tem kkkkk
(Hoje em dia) Hoje tenho 15 anos, trabalho como menor aprendiz na ala de necropsia (sim deve parecer meio estranho trabalhar com corpos, mas eu posso colocar pra tocar um Hard rock nervoso no trabalho kkk e ninguém reclama kkk) eu tenho carteira assinada e ganho bem, e já tenho dinheiro guardado para que eu possa investir depois(pelo menos isso minha família me ensinou kkk) e eu nunca estive melhor por que mesmo nos dias que eu estou mais pra baixo eu consigo levar o dia tranquilo e sem problemas, faz alguns meses que não tenho um ataque de ansiedade, tenho certeza que algum momento terei de novo mas até lá tudo tranquilo kkk, eu ando tentando melhor como pessoa e tentando me adaptar a idéia de que nem todo mundo entende que uma piada em um momento inoportuno não é ruim, mas sim o alívio do momento, mas isso aí veremos com o tempo kkk.
Esse foi o meu "desabafo" por que eu acho que deveria ser justo com a comunidade e postar um que seja totalmente sincero, e espero que alguém entenda kkk por que eu sou muito confuso falando imagina digitando kkk, mas bem é isso e obrigado por ler <3.
submitted by Leonardo-Heckler to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 05:24 anon_jvitor Faz quase 1 ano

Lembro como se fosse hoje, quando você confessou estar apaixonada por mim, debaixo daquela árvore, naquela tarde ensolarada. Eu também tinha sentimentos por você, mas achava que era só uma paixonite, e que eu não poderia ceder a isso. Eu estava namorando e não achei correto abrir mão do certo pelo duvidoso. Já conhecia minha namorada há anos, e você eu conhecia há apenas poucos meses. Continuamos amigos, e hoje faz quase 1 ano desde que comemoramos juntos nossos aniversários. Desde então, todos os dias eu pensei naquela noite. Tudo foi tão especial, simplesmente porque você estava lá! Sua voz, seu jeito de andar, seu sorriso, suas piadas sem graça, tudo em você me cativou. Acho que nunca mais sentirei isso com ninguém. Até hoje, eu vou naquele restaurante, onde jantamos juntos depois do trabalho, como amigos que éramos, mesmo sabendo dos sentimentos que um tinha pelo outro, e faço aquela mesma trajetória que fizemos quando fomos embora. Fico imaginando que você está lá comigo. Eu não deveria me sentir assim, eu ainda sou comprometido, mas não consigo evitar. Só queria esquecer você, e voltar a ser feliz com o que tenho, mas não consigo. Ah, como eu queria passar a mão naquelas suas coxas grossas, lhe agarrar pela cintura, sentir o seu calor no meu corpo e a sua respiração em mim! Eu sei que sou errado em pensar assim! O que eu faço para te esquecer, N? Eu daria tudo para ouvir a sua voz novamente!
submitted by anon_jvitor to desabafos [link] [comments]


2020.09.21 09:31 LaazyMe Culpa da ansiedade?

Quando era mais novo eu não sabia exatamente o que tinha de errado, mas sabia que alguma coisa me incomodava, quando saia na rua e via pelo menos uma pessoa eu já ficava nervoso, não gostava de sair de casa por qualquer motivo mas mesmo assim eu conseguia me divertir saindo com amigos. Na época tinha 15 e estava aprendendo a andar de skate, msm me sentindo desconfortável fora de casa, tentar fazer uma coisa nova com amigos era a melhor sensação do mundo.
6 anos depois aqui estou eu, depois de vários traumas e frustrações, desisti de várias coisas que amava por achar que nunca seria bom o bastante, abandonei vários amigos com quem passava o dia inteiro junto, desisti de ir pra escola por que me sentia péssimo, não conseguia me focar, ficava suando demais, pensava demais, as vezes me dava vontade de sair correndo ou gritando sem motivo algum como se estivesse surtando, me sentia preso e deslocado, sem amigos
Hoje não suporto mais sair na rua, não consigo focar em mais nada sem ficar me distraindo com meus próprios pensamentos toda hora, vivo desistindo de tudo rapidamente, até das coisas mais faceis, não tenho motivação pra seguir minha vida, as vezes sequer levantar da cama pra comer enquanto minha barriga queima de fome eu levanto.
Hoje a única coisa que faço é passar o dia ouvindo música, jogando no pc ou assistindo alguma coisa na sala enquanto me sinto um completo parasita em casa. As vezes eu invento de tentar fazer alguma coisa produtiva, arrumar emprego, tocar guitarra, desenhar, mas sempre me frusto e tenho essa sensação que me faz sentir a pior pessoa do mundo... Meses atrás eu tentei suicídio depois de começar o meu tratamento de ansiedade, tomava pílulas para dormir e minutos depois me sentia completamente dopado, então eu deitava e simplesmente apagava. Um dia sem mais nem menos depois de uma discussão completamente idiota sobre alguma coisa aleatória com minha mãe e meu irmão, eu peguei a caixa onde ficava as pilulas e tomei todas, haviam 6 pilulas... Horas depois acordei na sala, mesmo lembrando de ter indo para minha cama depois de ter tomado o remédio, não me lembrava de nada que tinha acontecido depois de deitar na cama, na hora só me lembrava da minha mãe confusa e preocupada quando acordei. Dias depois fiquei sabendo que meu irmão desesperadamente ligou para a polícia e quase que a merda seria bem pior se um vizinho não tivesse me ajudado enquanto estava dopado.
Semanas depois não aguentei mais e resolvi me mudar para a casa do meu pai, onde me fechei completamente para o mundo, sem objetivo nem metas, sequer conversei com minha família outra pessoa sobre o que aconteceu antes de sair da casa de minha mãe, mas sempre que falar comigo eu mantenho a boa aparência, faço piadas, respondo com sarcasmo e fico rindo das coisas mais bestas para ninguém ver como realmente me sinto... sempre fui muito fechado por isso essa é a primeira vez que escrevo ou falo sobre isso, porque não há nenhum conhecido meu por aqui, ou alguém que sequer saiba quem sou... Depois de tentar ter feito a maior cagada da minha vida, percebi que não quero morrer ainda, há coisas que quero fazer, lugares que quero ir, mas não sei como seguir em frente...
Acho melhor acabar por aqui antes que escreva uma biblia completa no reddit haha
submitted by LaazyMe to desabafos [link] [comments]


2020.09.19 13:05 EddieCrispo18 Tamanho do pênis / Insatisfação [H25]

Não me sinto satisfeito com o tamanho do meu pênis.
Mesmo minhas parceiras nunca terem reclamado (pelo menos nunca fiquei sabendo rs) fico com a auto estima baixa quando penso se elas não acham nada demais na hora da penetração.
Nunca se impressionam quando vê ele, e até onde sei isso significa que não interessou muito, tipo, méh.
Aí eu já penso que comparado aos parceiros/namorados anteriores, sempre sou o menor. E que não vão se sentir tão 'preenchidas' como antes.
Já perguntei uma vez o que uma parceira achava do meu pau, disse que achava grande, mas como gostava muito de mim tenho certeza que dizia isso pra não me magoar (além do mais, quem falaria na cara que é pequeno né rs). E tipo, ouvir 'não acho pequeno' também é muito diferente de ouvir que seu pau é grande ou ouvir que é um dos maiores que já viu, etc.. Muitas coisas davam a entender que os anteriores dela eram maiores, e isso me chateia e muito porquê ela já viu que está com algo pior e vai ter que se contentar com isso se quiser continuar comigo. Talvez ainda desejando/lembrando como era diferente e melhor com o ex.
Mesma coisa de alguma menina perguntar se acha ela bonita/gostosa e responder 'não acho vc feia'.
Acharia legal ouvir elogios, porque gosto de elogiar muito. Não queria que ficassem comigo só porque me acham um cara legal, mas também porque sentem tesão comigo e gostem do meu pau. Tipo, não quero que fiquem por piedade nem por dó.
As meninas, vocês já foram questionadas sobre o tamanho de algum parceiro? Vocês mentem para não magoar? Se seu parceiro anterior era maior, sentem que a sensação é diferente/menos preenchida? Ou até mesmo só o visual já dá menos prazer de olhar um pequeno vs um grande?
As vezes me sinto menos masculino por causa disso (sei que é errado, que não tem nada a ver). Já pensei em nunca ficar com ninguém por causa disso.
Sinto medo de alguma espalhar sobre meu tamanho e vire piada depois (acho que não saberia lidar com uma situação dessas).
As meninas, vocês costumam falar com amigas sobre tamanho de algum cara que vocês estão realmente gostando? (Sobre sexo casual creio que sim né).
Aos homens, como lidam com essa situação? Não digo a respeito de compensar nas outras coisas, isso é óbvio, na verdade independentemente do tamanho tem que ser tudo muito bem feito.
Queria me sentir satisfeito e seguro com meu tamanho, o que posso fazer para melhorar nessa questão?
*Assisto porn desde os 10 anos; perdi a virgindade beem tarde; tive pouquíssimas parceiras até hoje.
**Se fosse pra escolher prefiria que elas sentissem 100% de prazer e eu 0% do que 50%/50% ou 0%/100%. Se fosse pra escolher prefiria que elas sempre gozassem e eu nunca gozesse. (Sim, o sexo tem que ser ótimo para os dois, óbvio, estou dizendo que se fosse pra escolher, sempre preferiria proporcionar do que receber.. me sentiria bem melhor).
***Se financeiramente fosse alcançável pra mim fazer bioplastia com ácido hialurônico/células de gordura, faria sem pensar 2x.
****Caso alguém quiser fotos/vídeos para analisar DE VERDADE o que acham do tamanho, me mandem mensagem privada. Ficaria agradecido em saber opiniões VERDADEIRAS sobre o meu tamanho, me ajudaria mesmo. Até pra saber se não exagero sobre tudo isso que disse acima.
submitted by EddieCrispo18 to sexualidade [link] [comments]


2020.09.17 16:05 G4yC0nn0r Desculpa postar isso aqui, mas eu precisava

Olá turma, tudo bem
Então... Desculpa postar isso aqui, mas precisava
A seguir um pouco da minha historia com um desabafo meio junto
Então lá vai
Me chamem de L.C. ou Connor, sou um garoto transexual e não revelarei minha idade
Des dos 6 anos fui bulinado em minha escola pelo fato de eu ser acima do peso, sempre tentei o meu melhor para ''emagrecer'' porem nunca conseguia seguir os tratamentos corretos, e quando conseguia, eu desistia, não parecia fazer efeito nem um em mim.
Eu fui filho único ate os 9 anos, ai chegou minha irmã, a nova abelha rainha da casa; Ela sempre foi dada mais atenção e carinho, parecia que nem existia na casa depois que ela veio a nascer, e olha que ela foi ''acidental''.
Aos 12 anos comecei a me sentir diferente comigo mesmo, e fui pesquisar oque era, mesmo não aceitando na época, me descobri um garoto transexual, era difícil pra mim saber disso, principalmente pelo fato que na época meu pai era homofóbico e fazia todo tipo de piada.
Aos 13 decidi sai do armário como um garoto transexual, com a ajuda da minha vó, que sempre me ajudou em tudo, aquela moça sim era minha mãe <3
Meus pais depois daquela época parece não aceitar que eu sou um garoto trans, mesmo falando que sim, eles depois daquele dia nem falar comigo quase falam, só perguntando se to bem as vezes e me chamando para comer... Oque não ajudou muito...
Lembra que eu fui bulinado aos 6 anos né, aos 10 anos fui diagnosticado com depressão e ansiedade, porem ninguém ligava o suficiente para me ajudar ou tratar, então tive que tentar me ajudar, mas como uma criança de 10 anos iria SE ajudar, então eu ficava no meu quarto, trancado, no pc.
Nessa época eu conheci o lubatv, que me ajudava muito, fazendo me dar risada, o que me ajudava a pelo menos ter um sorriso, e isso me ajuda ate hoje... ^^
Meio que SIM consegui sair da depressão, final feliz né, só que... Não...
Meio que minha depressão recentemente parece ter... Voltado... Porem, como antes, ninguém ao menos liga, meus amigos meio que me deixaram de lado, somente uma que ainda liga suficiente para me ajudar quando preciso (Clara <3)
Só que agora... Pareço não ter vontade de... Sair dessa, parece que voltou bem mais forte que o normal, e agora com a pandemia, não posso ir ao psicologo, e também, não teria dinheiro para pagar uma consulta... Sou artista e geralmente não vendo arte por dinheiro, pois como sou de menor meus pais não deixam eu ter uma conta bancaria (motivo eu não sei) Então também não conseguiria uma consulta anyways.
Agora que estamos no ''setembro amarelo'' só parece piorar isso, por ver tanta falsidade nesses ''influencers'' que NUNCA falam sobre ajuda ao suicídio e etc, mas agora que é ''hype'' falam (não to falando de vc lubisco <3) falam sobre, como uma maneira mais fácil de ganhar likes, reposts, provavelmente mês que vem vão estar esquecendo de tudo isso... Como se nada tivesse acontecido.
Mas bem, acho que escrevi demais, obrigada por lerem ate aqui, desculpa fazer vocês perderem seu tempo
- L.C
submitted by G4yC0nn0r to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.17 01:31 StarryShiningKnight Karma existe e ele é incrível

Hoje eu tive uma notícia que me fez sentir como se eu tivesse vencido a quarentena kkkkk
Eu passei 4 anos da minha vida trabalhando em o que se chama de "vaga arrombada" - recebia 1 salário mínimo pra fazer o trabalho de todo mundo no escritório e ainda hora extra.
Nesse emprego, eu tinha uma chefe - vamos chamar ela de Gueixa - e ela era uma verdadeira de uma v*ca. Atrapalhava o serviço, inventava coisa pra fazer às 18:45, estragava o serviço das pessoas, falava mal de todo mundo etc. Ainda, ela era adepta da filosofia da "família tradicional católica brasileira" - isso é importante.
No final do ano passado, essa mulher acabou com a minha vida, até tive gastrite por causa dessa infeliz, vivia metendo o pau em mim pra supervisora geral, inventava intriguinha e enchia o saco. Bem, por conta da Gueixa, acabei sendo demitido do escritório pouco antes da pandemia.
O motivo?
Bom, ela era a chefe responsável por lidar com os processos referentes à prefeitura, e ela, de alguma forma, sempre fazia tudo dar certo e sempre sabia exatamente o que ia acontecer.
Por um tempo eu até cheguei a acreditar que ela era muito boa no que ela fazia, mas, com o tempo, passei a perceber que ela era uma anta - não tinha ideia de como um processo funciona e tinha dúvidas e dificuldades de um aluno de primeiro ano de direito, não de uma profissional com uma década de carreira.
Por conta disso, começou a rolar uma piada pelo escritório, nada sério, piadinha de adolescente mesmo. A piada? "Essa mulher só pode estar transando com o procurador da prefeitura, não é possível".
E o que isso tem a ver com a demissão? Ela descobriu que rolava esse tipo de piada dela pelo escritório e - para variar - colocou toda a culpa em mim. Eu tinha começado, eu estava fazendo bullying, eu era um machista, eu perseguia ela desde o dia em que comecei no escritório, e por aí vai.
Enfim, fui demitido.
Agora, quase 7 meses depois, fui na academia e um dos instrutores me pergunta brincando "que história é essa aí da gueixa do seu escritório". Eu, que não sabia do que se tratava, claro que perguntei do que ele estava falando.
E, aparentemente, a sra. Gueixa, muito da casada, foi flagrada em horário de serviço transando - e muito - com um Procurador da Prefeitura de um dos processos dela, dentro de uma das salas da sede da OAB da minha cidade!
Ela não ficou putassa com a existência da piada, ela ficou putassa com a VERDADE da piada!
Eu fico triste pelo marido dela, que nunca mais vai passar em uma porta com facilidade, mas eu não parei de rir até agora!
E acho extremamente justo que ela, a responsável pelo meu estresse e ansiedade por tantos anos, se torne a responsável pelo meu bom humor pelo futuro próximo!
submitted by StarryShiningKnight to desabafos [link] [comments]


2020.09.16 19:55 XeonNext Devaneios de um homem hétero e casado.

Todos os dias, das 17:00 às 17:20, passa em minha sala uma coroa de um pouco mais de 50 anos, para fazer faxina.
Eu me acho bonito, sou alto um pouco calvo+cabeludo, extremamente barbudo e loiro.. eu gosto muito do meu visual - me considero na minha melhor fase aos 35 anos.
A coroa é cheia de gracinha sempre, me chama de "meu amor" todos os dias, indiretas de todos os tipos. Esse comportamento não é reciproco, eu sempre desvio das brincadeiras "sem graça", até faço umas piadas... é divertido as vezes, ela é divertida. Eu sinto tanto tesão nessa tia que não sei explicar... se viesse a Gianna Michaels só de calcinha não seria a mesma coisa. E a coroa nem tem 'shape' de milf, nada demais, apenas uma pessoa simples sem nenhum atributo físico em evidencia.
E então ela se vai, e eu começo a pensar na minha esposa e filhos, a vontade de fazer merda vai passando bem devagar... as 17:30 minha esposa costuma mandar um whats perguntando que horas vou chegar, as vezes faz uma call com minha filha de 3 anos...
Aí eu vou embora me sentindo tipo o Homer Simpson.
submitted by XeonNext to sexualidade [link] [comments]


2020.09.15 22:25 Yog-Shoghoth Tenho medo de conversar com pessoas

Desculpa o texto longo
Desde pequeno sou uma pessoa muito insegura, sempre sofri com bullying, seja verbal ou físico, de dentro e fora de casa, porém, nos últimos 2 anos, sinto que minha vida melhorou, hoje moro apenas com a minha mãe e estudo em uma escola bacana porém, ainda tem algo que me aflige.
Em todas as escolas que estudei nunca fui o garoto popular, sempre me sentei na frente e fiquei sozinho no intervalo, conhecia as pessoas porque elas vinham falar comigo para saber quem eu era, porém eu sempre gaguejava e morria de vergonha, ficava de touca longe de todo mundo lendo ( hábito que sempre tive muito por influência da minha mãe )
Porém, as pessoas que eu menos conseguia conversar eram garotas. Tipo, conseguia conversar tranquilamente com adultos, e com o tempo, aprendi a perceber sobre que assuntos eram mais fáceis de conversar com garotos, porém sempre tive problema com o sexo feminino. E, nesse últimos anos, as coisas melhoraram e pioraram.
Hoje estudo em uma escola em que não sofro bullying, fico um pouco mais tranquilo e tenho uns colegas legais, mas no começo do ano comecei a gostar de uma garota, a quem chamarei de N1. N1 era uma garota legal, que tinha gostos muito parecidos e a conheci por um amigo em comum porém no meio do ano, ela começou a namorar com um garoto e parou de falar comigo ( coisa que me deixou bem mal ) e eles ficavam se pegando no meio da sala de aula, o que me deixava meio incomodado, porém as coisas ainda pioraram.
Durante esse meio do ano ao qual fiquei mal, comecei a gostar de uma garota a qual chamarei de N2, bonita e popular, mas que sempre me tratou bem e me chamava de amigo, e, durante esses outros 6 meses, me apaixonei por ela, passava todas as aulas querendo fazer ela rir, contava piadas ( sempre fui péssimo nisso), ouvia como tinha sido o dia dela e sempre me preocupava com ela, uma das coisas que mais gostava de fazer era cheirar o cabelo dela, principalmente nos dias que ela o lavava, chegando ao nível de adivinhar quando ela o lavava e qual shampoo ela usou, chegava em casa e só ficava pensando/falando dela, e vivia pensando no seu sorriso.
No final de 2019/2020 eu mandei uma mensagem para ela me declarando ( coisa que foi um grande erro, visto que eu não conseguia falar isso para ela ao vivo ) e ela me respondeu dizendo que gostava de mim como amigo e que se desculpava se tivesse me feito mal ( pois ela se abria muito comigo e contava se tinha ficado com alguém ou estava gostando de alguém ) respondi para ela não se preocupar e beleza.
2 semanas depois ela começou a namorar com um garoto que ela tinha conhecido a 1 mês atrás, e no dia do seu aniversário, acabei não indo pois tinha medo de chegar lá e ver ela com ele, então acabei ficando em casa, triste. Quando nos voltamos as aulas, ela começou a ter uma mania de me contar sobre o seu relacionamento, desde as coisas que ele falava para ela até fotos dele, e, eu acabava não reclamando pois me sentia feliz dela me considerar amigo o suficiente para falar sobre essas coisas, porém isso me machucava muito, me deixava se sentindo um lixo. Cerca de dois meses depois eles terminaram ( ele traiu ela ) e, agora na pandemia, sinto que perdi o contato que tinha com ela, tenho vergonha/medo de falar com ela, e sinto saudades de ouvir sua voz, ver o seu rosto.
Me sinto um lixo por ter estragado a nossa amizade e me sinto o garoto mais bosta do mundo. Fico sempre pensando que sou um merda, o pior homem do mundo, que nunca vai conseguir ser ninguém pois é um covarde e fraco. Tenho uma mãe legal com quem consigo conversar, porém não consigo me abrir sobre essas inseguranças. Sinto como se eu fosse o único que não consegue ter alguém, seja um amigo ou namorada, e, sempre vi sobre esse esteriótipo de homem perfeito, que não chora nem sofre, e é um ombro amigo para as pessoas e, não consigo ser assim, muitas vezes deito em posição fetal e choro me sentindo um lixo, ou tento ficar jogando/lendo para esquecer minhas fraquezas. Nunca me considerei um garoto bonito, e, quando criança, não gostava de escovar os dentes, o que me fez ter 6 dentes estragados e 1 torto, agora tenho medo de beijar alguém, quanto mais sorrir, sinto vergonha de falar próximo das pessoas, estava indo ao dentista, porém com essa pandemia acabei parando.
Bom, esse é meu desabafo, e desculpe esse final ficar meio nice guy.
submitted by Yog-Shoghoth to desabafos [link] [comments]


2020.09.15 02:26 Cintilante Eu sou fantástica!

[edit: Vocês são fantásticos! Não imaginei que esse post fosse receber tanta atenção positiva. Vocês me fizeram muito feliz
E, kind stranger, obrigada pelo award]
Há um tempo atrás escrevi um post no tumblr dedicado a todas as coisas ruins da minha personalidade. Por muito tempo planejei escrever o antipost com a intenção de provar que nem tudo é fezes no meu reino e que eu também sou fantástica.
O momento finalmente chegou! Eis aqui uma lista - imensa, eu espero - que prova isso.
1 - Eu converso muito bem. Muitos anos de muitos livros e uma predileção por retórica me deram o dom de sustentar conversas agradáveis. Eu consigo fazer piadas bobas ou falar de Filosofia com alguma facilidade. E consigo fazer as pessoas rirem e se divertirem de verdade.
2 - Eu escrevi um relatório de Milikan praticamente sozinha. Milikan foi um cara muito louco que determinou a carga do elétron com um experimento extremamente trabalhoso em que gotas pentelhésicas de um óleo são ionizadas e depois submetidas a um campo elétrico e magnético - Ou campo elétrico e queda livre - dentro de uma caixinha pequenininha com um papel milimitrado ao fundo. Determinando o tempo que a tal gotinha leva para atravessar uma determinado distância - e repetindo o processo o maior número de vezes até que a gota suma do seu campo de visão - você é capaz - através de uma série de cálculos - de definir a carga do elétron.
Eu escrevi esse relatório praticamente sozinha no Laboratório de Moderna. A nota foi 8,5, mas deveria ser 9 se eu não tivesse tido a brilhante ideia de colocar uma tabela ao final do trabalho sem utilizar os dados com algarismos significativos.
Eu também achei a carga de meio elétron ao final do experimento, mas isso não vem ao caso.
3 - Tudo que eu pego para fazer eu faço da melhor maneira possível. Seja sobrancelha de henna, unhas, desenhos, limpeza. Eu tento fazer da melhor maneira possível. Da mais perfeita.
4 - Eu escrevo bem. Tenho histórias bem legais guardadas em um blog. Tenho facilidade em usar palavras. Em combinar palavras. Em trazer humor a escrita. E eu escrevo desde sempre. Primeiro diários, depois histórias, depois cartas para amigos, depois cartas de despedidas por causa de um pseudo câncer com o qual eu mesma me diagnostiquei, depois blogs.
5 - O meu cabelo é lindo! Sério, é cabelo de unicórnio que só usa Pantene. Ele é lindo e gigantesco.
6 - Eu sou uma boa amiga. Eu tomo as dores dos meus amigos e tento dar conselhos sempre que eles me procuram com problemas.
7 - Eu amo dançar. E danço bem. Desde criança eu tiro um prazer imenso da dança. Lembro das coleguinhas da rua virem para cá e nós nos acabávamos dançando cds e mais cds todos os dias. Eu acredito ter uma facilidade para a dança, mas também tenho vergonha de dançar na frente dos outros.
8 - Eu desenho bem. Poderia ser melhor, se eu praticasse, mas eu creio que desenho bem para quem é preguiçosa.
9 - Eu falo e escrevo em inglês extremamente bem. Não é mérito só meu. Eu tive a chance de começar muito cedo por causa de um casal de velhinhos que alugavam casa para os meus pais. O senhor tinha vários livros de inglês e me ensinou desde que eu tinha três anos. Eu era atração na igreja que meus pais frequentavam.
10 - Eu dei uma aula fantástica usando o Tracker no estágio da faculdade. Fiz um PowerPoint com o Bob Esponja na capa e dentro vários gifs explicando o funcionamento do programa. Tracker é um app legal demais que te permite calcular, por exemplo, a gravidade ou a velocidade de alguma coisa, usando vídeos. Você marca a movimentação de um pixel frame a frame e o tracker converte esse negócio em distância. Daí ele faz os cálculos e também gráficos. (Tem vídeos no youtube da galera calculando a gravidade no Angry Birds, por exemplo)
11 - Eu gosto de explicar coisas. Eu me satisfaço demais explicando coisas complexas que consegui entender para outros. Como, por exemplo, o funcionamento do microondas. Como ele “nasceu” da ideia da criação de um raio da morte na segunda guerra e evoluiu nessa coisinha pequena e prática que temos em casa que usa campos magnéticos para mexer com a dipolo água, e desse jeito esquenta nossas comidas e não nossos cérebros.
12 - Eu amo resolver problemas no trabalho. Minha maior satisfação é ter uma pilha de coisas para fazer e conseguir resolver cada um deles, por mais complexos que sejam, sozinha ao longo do dia.
13 - Eu amo animais. E ajudo todos os que posso. Sempre que o dinheirinho permite.
14 - Eu consegui entender Nietzsche sozinha - E também sei escrever o nome dele sem precisar do Google. Quando digo sozinha quero dizer através da minha própria pesquisa e curiosidade. Sem ser obrigada. Tive conversas extremamente legais no Reddit na sub de Filosofia que me auxiliaram demais. Conversas que eu não me achava capaz de ter, sobre coisas que eu não me achava capaz de aprender.
15 - Eu consigo rir da minha desgraça. Às vezes até mesmo durante a desgraça. O terapeuta sempre dizia que eu ria enquanto chorava e fazia piadas com o choro também.
16 - Eu fico bonita chorando.
17 - Quando alguém me procura com alguma tristeza para contar eu sempre quero muito dizer a coisa certa para aliviar esse sofrimento.
18 - Eu sonho ser livre. Do medo, da rejeição, da carência. E esse meu eu ideal, essa Casanova de chocolate é tão legal e me faz tão feliz que me afastar dela todo dia com a realidade me faz sempre um pouco mais triste.
19 - Eu sou cheirosa - Em horário comercial.
20 - Eu sou simpática e falo com todo mundo.
21 - Eu sou carinhosa - Ainda que tenha vergonha disso.
22 - Eu beijo bem - Foi o que ouvi dizer.

É um textão e talvez ninguém leia, mas eu precisava compartilhar isso com alguém.
E mais, se você, como eu, se sente geralmente incapaz, desinteressante, pequeno, faz a sua listinha também. Em cima das fezes às vezes existem flores.
submitted by Cintilante to desabafos [link] [comments]


2020.09.14 04:11 spacetripss Eu acho que penso muito.

Vamos voltar um pouquinho no tempo, 2014, o ano em que eu morri por dentro... Ou o ano que os meus pais se separaram. No início eu até fiquei tranquilo, não fiquei tããão incomodado. 2 meses depois minha mãe aparece com um cara, simpático até. Tudo tava indo "bem" no começo, até que eu descobri que as coisas não eram o que pareciam. Numa bela noite logo após a minha mãe voltar do trabalho, eu vou até a cozinha e me deparo com ela meio acuada, cheguei na hora em que ele disse: "Se eu descobrir que você tá me traindo eu te mato." Voltei pro meu quarto como se nada tivesse acontecido, eu era MUITO inocente e não sabia como reagir a algo assim. Um bom tempo depois, eu e meu irmão estávamos vendo tv e de repente eu ouvi alguém me chamar, bem longe, eu tinha certeza que era a minha mãe. Saí correndo pra casa da minha avó - que era literalmente na frente da minha casa - olhei pela janela e lá estava a minha mãe, sendo enforcada por ele. Eu dei a volta e entrei mas ele já tinha parado. Pelo menos, nesse evento em específico eu tive a coragem de contar pra minha avó e a minha mãe negou com todas as forças que isso aconteceu, infelizmente. Essas foram as coisas que aconteceram durante 5 longos anos, isso pelo menos que eu ouvi e vi, tenho medo do que pode ter acontecido enquanto eu não estava vendo. E como tudo tem um fim, chegou o dia do juízo final. Eles estavam brigando, os dois berrando como sempre, eu já estava acostumado. Eu e meu irmão estávamos na sala como se nada estivesse acontecendo, eu tava confuso e tentando entender o motivo disso tudo. Minha mãe aparece na sala com o celular dela ameaçando ligar para a ex mulher dele (até hoje não sei o motivo), logo ele aparece, toma o celular dela e joga no chão. Mais gritaria. Nesse ponto meu irmão estava completamente em choque, ele quase não se mexia. Voltaram para a cozinha, porém eu não aguentava mais, e no momento que eu chego na cozinha ele literalmente deu um soco na torradeira (que quebrou) e ia avançando na minha mãe, eu fiquei na frente dela e pedi pra ele parar. Ele parou, olhou pra mim e se afastou (de alguma forma ele construiu um respeito comigo, eu não sei como). Nessa parte a minha avó apareceu, minha mãe chorando muito, muito mesmo. Dia seguinte, despedida. Eu acredito que ele tenha ido embora cedo, quando eu acordei minha mãe havia dito que ele já tinha ido embora. O problema foi o que ele deixou. Além de ter deixado a minha mãe completamente acabada psicologicamente, de alguma forma isso me afetou também (comentário à parte: nós descobrimos que ele estava traindo a minha mãe). E isso me afeta até hoje, eu me lembro de tudo, eu ainda me lembro de todas as situações, eu não consigo passar um dia sem pensar em algo que aconteceu durante esses 5 anos. Quando eu vou na rua eu fico em choque quando vejo alguém que me lembra ele. Tudo isso me deixou nervoso, muito nervoso. Comecei a levar um canivete quando eu ia pra escola, minha mãe tinha me contado que uma amiga dela viu ele andando perto da minha escola, mas eu nunca encontrei ele por lá. E todos esses pensamentos, o DESEJO de acabar com a vida desse indivíduo, isso me consumia a cada dia. E aí as coisas começaram a piorar, eu sentia tanto ódio que eu não apenas pensava na morte dele, mas na morte de qualquer pessoa, não precisava mais ser apenas ele. Eu juro, eu sentia uma vontade imensa do nada, mas eu me controlava muito. Eu nunca fui muito aberto com ninguém. Mas pelo menos eu conseguia falar sobre ir ao psicólogo, todavia eu não sentia que aquilo me ajudava, eu não sentia que apenas expor os meus demônios ia ajudar eles a irem embora! Alguns meses depois, um novo padrasto. Cachaceiro, homofóbico e machista. Passou quase 1 ano indo pro bar do lado da minha casa e sem trabalhar, só vivendo pelo sustento da minha mãe. E você acha que eu podia falar algo? Eu sempre tava errado. Tentou se aproximar de mim porque nós dois gostamos de rock, mas eu não dei bola, nunca vou dar, eu tenho o mínimo de contato com ele. E eu juro por qualquer coisa que você ache sagrado, se um dia ele encostar um dedo na minha mãe, ele vai acordar com a garganta cortada (bem, não vai acordar, né?). Esses dias ele fez piada com a minha mãe sobre violência doméstica, dizendo que ia bater nela, eu tava no cômodo do lado então eu ouvi tudo e como eu fiquei nervoso... Eu queria ir lá e acabar com tudo, mas me controlei. É entre essas e outras que agora eu sinto o peso de uma separação, tudo podia ser perfeito. E sobre os pensamentos em matar, eu ainda tenho eles do nada, mas eu procuro me distrair pra não alimentar o pensamento. É estranho pensar que isso me moldou, toda essa história é um grande pedaço de mim e eu não consigo correr dela. Eu ainda penso em tudo. Eu acho que penso muito.
submitted by spacetripss to desabafos [link] [comments]


2020.09.13 21:15 saske2k20 Sobre amizades com gringos

Já conversei com gente da América em geral (do norte a sul) por vezes só o que muda é o idioma. Tenho um amigo norte americano que falo há uns 2 anos que chega a ser engraçado que a diferença entre o humopiadas é literalmente a tradução. As vezes a gente mal termina a piada e já ri.
Na faculdade tive contato com colegas da África (Angola,África do sul) e a zoeira era bem BR.
Agora com gente da Europa é muito esquisito, as vezes a pessoa fala uma coisa totalmente grosseira mas para ela é normal, você faz uma brincadeira a pessoa se ofende,as piadas são bem diferentes, é quase como se sempre tivesse sempre que pisar em ovos ou entender o que a pessoa quer dizer. Não sei se isso varia de pessoa para pessoa, mas eu meio que notei isso falando com gente da Europa.
Inclusive já perdi contatos por esses mal entendidos, coisa que nunca aconteceu com outros locais.
Por um lado isso abre sua mente sobre lidar com diferentes tipos de pessoas, por outro isso mostra que mesmo falando um idioma em comum a gente sempre guarda um pouco de nossa cultura.
submitted by saske2k20 to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 04:04 Pageh74 Tiques nervosos

Vou resumir porque estou bêbado e decidi me abrir, tenho 18 anos e tenho tiques nervosos desde pequeno, já pedi para minha mãe me colocar num psicólogo ou me levar a um médico para descobrir se é um síndrome ou algo parecido mas ela nunca se importou, ainda faz piada sobre mim com visitas e algo assim, não me entendam mal, ela é uma boa pessoa e me criou sozinho e com muito carinho desde sempre, mas isso realmente fode a minha autoestima, sempre me interessei por psicologia e gosto muito de me relacionar com outras pessoas, sou uma pessoa sociável mas esses tiques me dificultam muito a vida, principalmente a sexual, estou tentando arranjar um emprego pra juntar dinheiro e conseguir agendar um psicólogo por conta própria, por favor me desejem sorte.
submitted by Pageh74 to desabafos [link] [comments]


2020.09.11 17:22 Miserable-Tangerine6 Queria conhecer mais vocês.

E ai galera tudo bem com vocês? Eu ando pensando profundamente sobre o estado do mundo e como chegamos aqui e pra onde teríamos que começar a ir pra melhorar depois dessa pandemia, e me pergunto, sou só eu? Esse estado quase filosófico de debate com você mesmo pra tentar melhorar como pessoa e ajudar o proximo com empatia e amor.
Eu sinceramente tenho minhas duvidas enquanto a capacidade de fato das pessoas quebrarem suas barreiras de ignorância e estado de dormência, eu sei que é possível mas tenho visto que cada vez mais a vontade de quem manda é essa. Vocês assistiram o documentário O dilema social na netflix?
Sou comunicador, ou pelo menos tento ser, tento estudar para tentar algum tipo de contato mais profundo e que de fato mude alguma coisa, se resultando do meu trabalho e modo de viver. Tenho na mais pura das vontades tentado o reddit e o 9gag pra ter algum debate efetivo. Tenho conseguido, é muito cansativo porém vale a pena quando não passa do meu limite.
Eu sou de Cuiabá, morando no interior de Mato Grosso, e agora nesse sentido das queimadas e como minha cidade natal tem a total falta de cuidado daqueles que foram eleitos para resolverem os problemas porém são os mesmos que estão agravando eles, como queimadas(15% do pantanal já era), desmatamento(o norte de Mato Grosso ainda não tem dono), corrupção (o prefeito da cidade apareceu no fantástico colocando dinheiro de propina no paletó e fazendo piada), e um estudo que em 20 anos a cidade vai se tornar inabitável.
Vim pro interior abrir minha produtora no isolamento e criar um portfólio maior pra ir embora, mexo com audiovisual, e pretensiosamente cinema. Estou em um processo de concorrer bolsa na Vancouver Film School, em um programa de roteiro deles, e acredito ter chances reais de a ganhar. Apesar de 26 anos, já tenho 6 anos de profissão, já ajudei a ganhar uma campanha eleitoral pra senado(o que me enoja até hoje), me inserindo no meio de cinema de MT e trabalhando em 7 curtas diferentes, e depois dirigindo 2 meus. Varios desses muito premiados. Inclusive o meu, DragNostra.
Meu plano inicial era fazer uma trilogia de filmes em Cuiabá, o primeiro sendo o DragNostra, ganhei um edital do extinto Minc pra ele, foi uma experiencia intensa, no final valeu a pena. Já no segundo, o Invasão, uma sátira politica com invasão alienígena que contava as eleições do estado em 2018 como uma comédia, foi totalmente ignorada pela minha produtora executiva, depois deu ter me esforçado ao máximo no Drag. Ainda um assunto a se resolver. Fiquei puto, me mudei.
Tenho alguns problemas dentro da familia materna, com minha mãe e a família dela, mas prefiro não expor por hora. Não por medo de repercussão, mas por ser o sentimento que mais consigo tirar inspiração pra escrever, porque é dolorosamente pessoal muita coisa.
Tenho uma familia e amigos que no geral me amam muito, eles se preocupam por eu ter meu tempo e processo diferentes dos deles, mas como cada vez tenho treinado mais meu poder de me comunicar, mais tenho conseguido de fato conversar com eles, existir e viver tem valido a pena.
Eu queria de fato ajudar na vida das pessoas, seja por aqui, ou pelo meu trabalho, porque tenho descoberto também nesse processo de imersão profunda que a minha vida só tem sentido quando eu ajudo em algo na do próximo, pra quando morrer eu ir tranquilo e saber que dei meu melhor.
Queria desabafar com mais pessoas, pra quem sabe não achar mais uma pessoa que posso ensinar e aprender com, e vivar algo real que saiu desse caos todo que não tem sentido. Vamo junto?
submitted by Miserable-Tangerine6 to desabafos [link] [comments]


2020.09.10 23:51 Helamaa 😳👉🏻👈🏻

a carência tá imoral e eu tô procurando uma namoradinha, se vcs conhecerem alguma mina que tenha esses requisitos, me avisem redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, , jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gameri, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar também tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Evangelion Fullmetal Alchemist K-on! Naruto Shingeki no Kyojin Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥️ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam foto com decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educación con seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by Helamaa to smurfdomuca [link] [comments]


2020.09.10 05:47 Cadaverin Me sinto sozinho

Como se palavras e validações de completos estranhos fosse me ajudar em algo, aqui estou novamente. Já vim lhes dizer que me sentia poeira, que morreria sozinho. Já contei da minha ex-namorada (aquela que abriu um buraco na minha alma e na sequência cagou nele). Dar-lhes pedaços de minha vida era ao mesmo tempo um refúgio e uma maldição. O primeiro porque me permitia dar vazão aos espíritos que me sobrecarregam os ombros; o segundo, pois achei que me faria bem.
Mudou em nada, claro.
Faz 1 ano que terminamos. Eu estive com outras mulheres no ínterim. Nenhuma delas conseguia extrair meu sorriso mais sincero. Risadas falsas com piadas a la carte, e nada disso era real. Quando fechava os olhos para beija-las ou enquanto chegava perto de um orgasmo, sua imagem era a única que me vinha a mente. Formosa, esbelta, lendo meus olhos como se fossem seu livro preferido e mostrando sua satisfação em um sorriso enorme. Torto. Lindo.
Faz pelo menos 7 meses que não relaciono com ninguém além do meu cigarro. Não os brancos, falo de tabaco, daquele que você põe na seda, enrola e fuma. Habilidade essa que aprendi com ela também.
Pequenos cacos fazem uma grande janela, e muitos desses pedaços foi ela quem colou. Alguns desenhados a mão, outros roubados de um supermercado qualquer. Olhar para fora é ve-la em fragmentos, obstruindo a luz; uma miragem. Não importa quantas pedras eu arremesse, a vidraçaria continua intacta onde ela tocou, e estilhaçada onde não esteve.
Eu devo muito a ela. Primeiro por me ensinar a ser humano. Substituir meu processador por um coração e me mostrar que nem tudo na vida é racionalização. De suas mãos vieram o calor que deram partida no meu maquinário, assim como foram suas palavras que guiaram o condutor. Sei que muitas coisas são recíprocas, mas já não ouço mais o cantor deste pássaro. Ele pode ter feito ninho longe daqui, como pode ter sido devorado por predadores a espreita.
Devo-lhe também meu vazio. As coisas boas se foram todas, assim como as ruins. Não é verdade que quem não sorri também pensa em sua morte - de alguns cenários se ausentam ambos. As vezes caminhamos sem rumo, as vezes saltamos sem paraquedas. Nada é certo além de quem somos.
Ninguém demonstra interesse por mim como você fez um dia. Meu estigma talvez escorra, feda, afaste. Não sei se por medo de nunca atingirem seu tamanho ou por saberem que minha luz se apagou. Eu não tenho muito a oferecer além de quem sou, e agora que fui roubado de mim, sequer tenho isso.
Obrigado por me matar. Eu não teria coragem de fazer isso sozinho. Agora experimento o que sempre ouvi de seus lábios ser seu maior medo.
Descartável.
submitted by Cadaverin to desabafos [link] [comments]


2020.09.05 23:06 LeprechaunBR O desabafo de um autista.

Olá, turma e, talvez, Luba & Cia. Ltda. Bună ziuă, ce faci? Bom antes de começar de fato, existe uma coisa sobre mim que deve ser considerada. Tenho meus 26 anos e sou autista, tenho dificuldade em expor minhas ideias então, talvez esse texto fique sem sentido ou longo de mais, mas vou me esforçar pra me comunicar bem. (caso queiram cortar e editar, eu aceito a ajuda!) Sou filho de uma mãe solteira, que sempre lutou muito para vencer na vida. Meu "pai" teve problemas com drogas e minha mãe fugiu dele logo que eu nasci. Essa fuga nos fez sempre viver em dificuldade financeira, por sermos sempre nós dois. Ela se abrigou por alguns meses na casa do irmão mais velho dela, junto comigo ainda bebê. Meu tio é um homem muito rico, possui terras e posses, ajudou minha mãe a conseguir um trabalho. Esse período fez minha mãe idolatrar muito o meu tio. Minha infância foi regida em ficar fora do caminho da minha mãe que conseguiu trabalhar como enfermeira em dois turnos num hospital, e tentar me concentrar na escola. Era difícil, os sons e os movimentos das crianças me incomodavam muito e meu desempenho (copiando e fazendo tarefas no caderno) era terrível, embora eu fosse reconhecido como um aluno muito inteligente. Meu tio e sua família, bem como o restante da minha família sempre fez questão de mostrar que eu não era homem o bastante e nem merecia o respeito deles. Com piadas, pegadinha e comentários maldosos que eu só fui compreender quando comecei a fazer terapia. Aos 19 anos, morando sozinho eu tive a oportunidade de fazer psicoterapia, onde com uma equipe muito carinhosa e dedicada à mim, eu fui diagnosticado com a síndrome de Asperger, um dos espectros autistas. Esse diagnóstico foi chocante, mas fez com que muitas peças se encaixassem e eu entendesse o porque de eu ser tão estranho. Bom, minha família é extremamente machista, racista e capacitista. Quando comentei do diagnóstico minha mãe disse que não acreditava que eu tinha ido num médico de doido e colocou esse diagnóstico como culpa pra tudo que dava errado comigo, empregos, namoros, etc. Eu tinha que conter minhas crises em casa, não podia demonstrar o que estava sentindo. Certa feita ela descartou meus remédios porque "eu ficava estranho" quando os tomava. O ápice desse desabafo acontece agora. Eu iria fazer uma prova importante na casa desse tio, que não gostava de mim. Naquele dia eu, que sempre busquei a aprovação dele, comentei que estava buscando um intercâmbio gratuito na Espanha. Nesse momento ele me sentou numa cadeira e por mais de uma hora me ofendeu, me comparando ao meu "pai" me chamando de coisas muito pesadas, afirmando que eu só queria que minha mãe morresse pra eu pegar o dinheiro dela. (talvez porque eu pedi ajuda para pagar um mês de aluguel quando me mudei porque não iria receber naquele mês) e o pior foi que minha mãe agradeceu a ele por ter falado. Eu tive uma crise sensorial muito intensa, eu não sei como descrever essas crises, mas é como se sua pele não coubesse no seu corpo, tudo parece coçar muito e por mais que você puxe o ar ele não vem. Me mandaram parar de frescura. Tive que fazer a prova com esse espírito. (infelizmente reprovei) Minha terapeuta me ajudou a entender que eu não preciso ficar próximo deles, que eu devo buscar pessoas que me fazem bem. Hoje a pesar de ainda ser a vergonha da família, eu vivo até bem. Sou formado em fisioterapia e me especializei em neuropediatria e agora busco uma especialização em terapia intensiva, namoro uma mulher incrível e consigo conviver com o autismo. O recado que deixo, caso esse desabafo seja lido, é que você é mais! Você é mais que uma família complicada, você é mais que um diagnóstico, existe um mundo inteiro dentro de você!
submitted by LeprechaunBR to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.05 13:58 tOKYOFF Minha namorada terminou comigo

É isso, minha namorada terminou comigo. Após 4 anos e 2 meses ela terminou comigo por mensagem.
Namoramos por 4 anos, sempre tivemos brigas mas sempre nos resolviamos na conversa, sem desavença sem remorso. No final do ano passado como de costume eu vou para Natal ver minha família e como não sou eu que marco o dia de volta das passagens, acabei voltando apenas em fevereiro, ela ficou chateada mas tudo ficou de boa, foi me buscar no aeroporto e tal. Seguimos o ano normal, saimos e tal, até que chegou a pandemia (esqueci de mencionar que ela conseguiu um estágio em São Paulo no começo do ano), ainda nos viamos normal já que a doença ainda estava "controlada". Quando começou a quarentena deixamos de nos ver já que ela continou trabalhando e eu como grupo de risco, não queria pegar 3 ônibus pra ver ela. Meu pai sabia que não ia dar certo a gente se separar por muito tempo já que vivíamos grudados e se ofereceu pra buscar e levar ela todo fim de semana. Foi perfeito, ela não trabalhava de fim de semana, seguimos todos os protocolos de higiene e ficavamos felizes.
Em um fim de semana ela veio pra cá, super feliz, passamos o dia felizes, fizemos churrasco e tal. Uma semana depois ela termina comigo por mensagem... eu sou extremamente apegado e praticamente me humilhei pra que aquilo não acontecesse, marquei de nos encontrarmos para conversar melhor. Long story short, ela não queria mudar de ideia porque diz que demorou pra tomar essa decisão. Ela me diz que sente que não é mais o mesmo relacionamento, que estavamos empurrando com a barriga porque a gente não conversava mais (completamente descartando o fato de que ela não usa o celular direto e passa parte do dia trabalhando), expliquei que a gente não tinha mais tempo pra conversar e disse que mesmo assim eu sempre tempo todo dia conversar com ela, ficou irritadada e disse "nem transamos mais" (no meio de uma pandemia????) e eu disse que podiamos resolver tudo, não precisava de tudo isso, mas não adiantou.
Agora depois de um mês continuo triste, não tenho coragem de tirar nossa foto da mesa. Meus amigos apenas falam com e esqueceram que eu também estou sofrendo. Tenho que ver os posts dela no face praticamente fazendo graça do nosso término (piadas de "você já terminou um namoro mas...", "você casaria comigo sabendo que...") e isso machuca porque ela passa por isso como se 4 anos não fosse nada. Nem eu nem ela contamos para alguns amigos e família e nem sei como iremos fazer isso, vou ter que explicar pra toda minha familia que terminamos e ficar triste a cada pergunta dela.
Sentirei falta da família dela.
Minha ideia não era dizer tudo isso mas acabou que ficou desse tamanho, como a única pessoa que era minha amiga era minha namorada preferi desabafar aqui mesmo, onde infelizmente sei que vou ter mais ajuda do que meus "amigos". Só de vocês lerem será de enorme feito pra mim, gostaria de agradecer este sub, há pessoas de muita compaixão aqui.
Bom, vale mencionar que tive uma época com depressão e possuo ansiedade extremamente forte então continua difícil superar isso mas deixarei que me dêem conselhos.
submitted by tOKYOFF to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 12:47 zemague Bora jogar

É assim eu sou quero uns marmanjos com quem jogar. Os meus amigos jogam jogos que eu não acho muita piada. Eu só quero jogar jogos e divertir me. Não interessa o jogo desde que não dê tryhard. Eu simplesmente gosto de fazer merda. Eu gosto de jogos indie (adorei Undertale), fall guys, um poquito de mine, gang beasts, terrarria, among us, vr chat, basicamente jogos para fazer merda. Posso gravar vídeos para o yt de vez em quando. Tenho 16 anos por isso curtia que fossem +/- da minha idade :)
submitted by zemague to PORTUGALCARALHO [link] [comments]


2020.09.04 12:12 zemague Bora jogar

É assim eu sou quero uns marmanjos com quem jogar. Os meus amigos jogam jogos que eu não acho muita piada. Eu só quero jogar jogos e divertir me. Não interessa o jogo desde que não dê tryhard. Eu simplesmente gosto de fazer merda. Eu gosto de jogos indie (adorei Undertale), fall guys, um poquito de mine, gang beasts, terrarria, among us, vr chat, basicamente jogos para fazer merda. Posso gravar vídeos para o yt de vez em quando. Tenho 16 anos por isso curtia que fossem +/- da minha idade :)
submitted by zemague to portugalgaming [link] [comments]


2020.09.03 17:09 viado_aleatorio O DADDY PIDOFILU DO BOM RETIRO (um bairro da minha cidade)

 Olá Lubinhoo, gatas maraviwonderfull, edithores e turma que está a ler (ler mesmo pq eu acho q n vou pra turma feira... MATHEUS ME NOTA). Vamos lá, esse caso aconteceu durante uns dois meses mais ou menos sla. Eu sou o tipo de pessoa que passa tempo dms no Instagram, e um belo dia estava eu checando as poucas duas curtidas q eu tinha recebido e vi uma solicitação de mensagem. @fulano_que_eu_nao_vou_citar_um_nome: 
submitted by viado_aleatorio to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.01 22:52 kinoko_okonik Eu sou babaca por não tolerar o comportamento da minha mãe?

(É uma história meio longa) Eu realmente preciso de uma ajuda com isso, vou dar um contexto: eu sou garota, tenho 17 anos, minha mãe me teve muito nova, então quando eu tinha 3 anos, ela conheceu um rapaz brasileiro cuja família morava no EUA e foi embora pra lá, de lá pra cá ela nunca mais voltou, mas conversa diariamente comigo. Eu moro com os meus avós, que eu chamo de pai e mãe, mesmo nossa relação não sendo muito boa a gente convive.
Ok, voltando à história, eu namoro à 9 meses com um garoto maravilhoso, ele me faz muito bem. Minha mãe não gosta dele, mas nunca falou nada sobre, como ele mora perto eu vou na casa dele direto, minha avó gosta bastante dele. Minha mãe fez questão de me ligar, como a gente tava ocupado jogando e dando beijinho eu recusei e mandei uma mensagem de "mãe, eu tô ocupada, depois a gente se fala ok?" Ela não gosta dele, sendo que ela nem conhece ele, e usou disso pra fazer um comentário racista sobre meu namorado (Meu namorado é negro) e reafirmar que ele não gosta dele por coisas que eu disse no passado (Ano passado eu e ele éramos amigos mas nossa amizade tava passando por uma fase ruim já que a gente se gostava mas era muito complicado ficar junto, então eu disse que ele andava muito triste e quieto), ela disse que "ele não dá valor na vida que deus deu pra ele". E eu fui bem clara e falei
Eu: Ainda bem que quem vem aqui sou eu e não você.
Mãe: Opa, olha o jeito que você fala comigo, eu não tô te maltratando.
Eu: Nem eu, mas essa foi uma opinião que eu não pedi, uma piada que eu não gostei (sobre a piada racista que ela fez)
Mãe: Você precisa aprender à rir das coisas, ter senso de humor. Você precisa de pessoas positivas na sua vida.
Eu: Ele é uma pessoa boa, e é mais positivo do que você tá sendo pra mim, ele me faz bem feliz e eu não vou parar de vir aqui porque você quer.
Isso resultou em uma grande discussão que no final eu falei "Desculpa se eu te ofendi". Ela mandou uma mensagem falando que não queria mais falar comigo, ok, passaram 4 dias e eu não chamei ela, não falei com ela sobre nada. Acho que ela esperava que eu fosse chorando pedir desculpa por não aceitar a piada maldosa dela, eu só aceitei o "não quero mais falar com você" e não chamei ela.
Hoje ela ligou para a minha vó, falou mal de mim, do meu namorado, ameaçou parar de ajudar minha vó à pagar as contas. Então eu fui falar com ela, eu comecei à fazer psicóloga faz poucos dias, então eu resolvi torar esse peso das costas pra não precisar encher o saco da minha psicóloga com briga assim e me abri pra minha mãe.
Disse que ela não me conhece direito, que eu quero ser amiga dela, a gente podia resolver tudo isso, pedi desculpa se eu ofendi ele, pedi pra ela me ouvir e disse o quanto meu namorado me faz bem.
Ela me mandou aseguintes mensagens: "Você tá sendo dramática, eu não fiz nada demais e você começa à gritar e ser assim" "Eu não tô podendo com esse tipo de relacionamento, isso é tóxico" "Você tem idade o suficiente pra saber o que é certo e o que é errado"
(Lembrando que eu não gritei com ela afinal em todo esse tempo a gente só trocou mensagens no Whatsapp.)
Eu disse: Ok, se você tá me fazendo mal e eu tô te fazendo mal, eu não vou mais voltar na conversa, desculpa. Eu só queria que você fosse minha mãe e minha amiga.
Ela mandou um áudio de 3 minutos falando pra eu me pôr no meu lugar, eu não sou a dona do mundo, eu nao sou a "fodona". Eu disse que eu nunca disse isso, ela tava pondo palavras na minha boca, ela respondeu falando que eu coloquei nela erros que ela não cometeu e ela é a única que me apoia.
Segue a conversa:
Eu: Eu desculpa, você que tá na defensiva.
Mãe: Claro que eu entrei na defensiva, vocês só me atacam, uma hora a pessoa precisa se defender, não sou saco de pancadas.
Eu: Ninguém tá te atacando, eu falei como eu me sinto, foi pra isso que você me colocou numa psicóloga. Eu não gritei com você, eu não briguei com você, só tô tentando conversar.
Mãe: Coloquei pra ver se você para de ser egoísta, te ensinar à ser mais humana.
Eu: Ela não é professora, ela tá lá pra conversar.
Mãe: Você viu qual o seu erro? Não importa quem esteja errada, eu não vou discutir com ela e cobrar dela uma opinião que não é minha. Se você tem uma opinião, guarde pra si.
Eu: Digo o mesmo, guarda a sua opinião sobre o meu namorado.
Mãe: Não é opinião, é conselho.
Eu: Mas eu não pedi!
Mãe: Você sabe que eu faço brincadeira.
Eu: Eu sei, mas eu não gostei, simples, o limite do humor é quando magoa alguém. (E isso magoou meu namorado, ele ficou extremamente incomodado)
À partir daí ela quis me dar sermão, falou que não vai pedir desculpa, falou pra eu só chamar ela quando eu souber conversar e eu cansei de ser lógica e disse "Ok, eu vou te bloquear, eu cansei de tentar falar com você em paz, você não entende mesmo."
Ela me ligou URRANDO de raiva, disse que eu era uma desgraçada ingrata, eu tava de castigo, não ia fazer mais nada pra mim, se soubesse que eu sai de casa vai tirar tudo que eu tenho, vai cancelar a psicóloga.
Eu quero saber, eu fiz errado em algum momento? Eu não vou deixar ela magoar a pessoa que mais me faz bem nessa vida de forma alguma. Alguém tem algum conselho?
Update: ela me mandou mensagem falando que me mandou dinheiro pra comprar coisas, eu falei "não quero, manda pra (minha vó) pagar conta", eu tô tão brava com ela tentando me comprar que não cabe em mim a raiva.
submitted by kinoko_okonik to TurmaFeira [link] [comments]


PIADAS DE CASAMENTO E CHIFRE Piadas infantis parte 3 Piadas para crianças 3 PIADAS CURTAS DE ANIVERSÁRIO 10 piadas hilárias pra vc rir e contar para seus amigos ... Duelo de piadas - YouTube Humortadela - Piada Animada - Como Matar uma Barata Piadas para crianças 2 Vovô Moleque - N 25 - Top 10 piadas para crianças - YouTube Piada Joãozinho diz 3 coisas que pode chupar

Piadas de Criancas - piadasnet.com

  1. PIADAS DE CASAMENTO E CHIFRE
  2. Piadas infantis parte 3
  3. Piadas para crianças 3
  4. PIADAS CURTAS DE ANIVERSÁRIO
  5. 10 piadas hilárias pra vc rir e contar para seus amigos ...
  6. Duelo de piadas - YouTube
  7. Humortadela - Piada Animada - Como Matar uma Barata
  8. Piadas para crianças 2
  9. Vovô Moleque - N 25 - Top 10 piadas para crianças - YouTube
  10. Piada Joãozinho diz 3 coisas que pode chupar

Vovô Moleque selecionou o top 10 piadas para crianças. Existem muitas piadas legais, mas o vovô selecionou o top 10 piadas para crianças neste vídeo: https:/... Na escola a professora pede para os alunos falarem 3 coisas que pode chupar, e joãozinho como sempre vem com suas gracinhas. http://www.animateplay.com. Gente a última piada (10) é assim: começaram a vender óculos sem lentes,por que eu não comprei? R: pois pode ser armação!(está errado no vídeo pois houve um ... Vovô Moleque - N 25 - Top 10 piadas para crianças - Duration: 4:55. Vovô Moleque 751,284 views. 4:55. Desafio das Piadinhas - Se rir, perde! Piadas para criancas continuação! Vamos dar risas com o desenho animado de Piadas para crianças. Rir é excelente! O melhor remédio para animar-se, e que não apresenta contra-indicações. 3 PIADAS PRA MORRER DE RIR - Duration: 2:19. Piadas com a Ferreirinha 227,650 views. 2:19. PIADAS DO CRIADOR DE VACAS 🐄 - Duration: 1:49. Piadas com a Ferreirinha 60,891 views. vídeo sobre piadas infantis Joãozinho, sempre ele! Contando suas piadas. Vamos dar risas com o desenho animado de Piadas para crianças. Rir é excelente! O melhor remédio para animar-se, e que ... se vocÊs for humilde vocÊs vÃo ver este canal https://youtu.be/ze0mrvxswrm este canal É so para os humilde ,tamo junto Para comemorar o aniversário de uma amiga, fiz uma maratona de piadas de aniversário. Espero que vocês gostem, de um link e se inscrevam. Obrigada Beijo a todos. Piadas engraçadas de salão, algumas piadinhas sobre papagaios, não foi fácil, pois a maioria é para maiores de 90 anos, mas escolhemos umas bem legais para vocês.